Blog

BARATAS ALEMÃS: Elas andam aí…

BARATAS ALEMÃS: Elas andam aí…
Uma investigação publicada no Journal of Economic Entomology focou-se em novos iscos preparados a partir de alimentos e que poderão ser utilizados, pelos profissionais de Gestão de Pragas, em armadilhas adesivas destinadas a monitorizar populações de baratas alemãs.
A barata alemã (Blattella germanica) é a espécie de barata mais comum no mundo, propagando doenças, promovendo contaminações e alergias entre outras situações indesejadas.  O estudo demonstrou que, com vista ao controlo efetivo da praga e no âmbito de programas de gestão integrada (IPM) mais eficazes, a utilização de iscos à base de alimentos é uma ferramenta com um enorme potencial na deteção e monitorização da praga em locais com ‘tolerância zero’, como sejam hospitais, hotéis e restaurantes.
Leia na íntegra aqui.
Fonte: ANECPLA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *