Categoria: Agroquímica

Comissão Europeia | Evento: Uso Sustentável de Pesticidas

Comissão Europeia | Evento: Uso Sustentável de Pesticidas
Realiza-se no próximo dia 5 de outubro o 3º evento sobre “Uso sustentável de pesticidas” organizado pela Comissão Europeia.
Este evento pretende atualizar, consultar e receber contribuições de todas as partes interessadas sobre a Diretiva 2009/128/EC relativa à utilização sustentável de pesticidas e à avaliação do impacto da sua possível revisão.
Mais informações e inscrições aqui.

AGROGLOBAL 2021

AGROGLOBAL 2021
A GROQUIFAR congratula a organização da AGROGLOBAL 2021, em particular o Engº Joaquim Pedro Torres, e todos os expositores nossos associados pelo seu profissionalismo e empenho em prol da demonstração da excelência da agricultura nacional.
Aproveitamos a ocasião para desejar os maiores sucessos ao CNEMA que assegurará a continuidade da organização da maior feira agrícola do país e uma das maiores da Europa!
A todos os nossos associados que participaram na edição deste ano, um GRANDE BEM-HAJA.
◊ AGRIPRO
◊ AGROMAIS / AGROTEJO
◊ ASCENZA / SELECTIS
◊ BASF
◊ BAYER
◊ BORREGO LEONOR & IRMÃO
◊ EDMUNDO & ALMEIDA DOMINGOS
◊ EPAGRO
◊ LISCAMPO
◊ LUSOSEM
◊ PELARIGO & FILHOS / LAVRITEJO
◊ SAMUEL SALGADO
◊ TECNIFERTI

Retirada da s. a. famoxadona

Retirada da s. a. famoxadona
Informamos da não renovação da substância ativa famoxadona, na sequência da publicação do Regulamento (UE) 2021/1379 da Comissão de 19 de agosto de 2021, que entrará em vigor no próximo dia 16 de setembro.
Apesar de a DGAV ainda não ter estabelecido a data-limite de comercialização dos produtos fitofarmacêuticos contendo esta substância, a data-limite de utilização é 16 de setembro de 2022.
Consulte o Regulamento (UE) 2021/1379:
2021 – Reg nº 1379 (não renovação sa famoxadona)
E o Ofício Circular nº 9/2021 da DGAV:
2021 – Circular DGAV nº9 (retirada famoxadona)

AGROGLOBAL 2021: Boas práticas agrícolas

AGROGLOBAL 2021: Boas práticas agrícolas
Na contínua promoção e apoio às Boas Práticas Agrícolas, a GROQUIFAR vem divulgar a atividade de demonstração que decorrerá – na AGROGLOBAL – nos próximos dias 7 e 8 de setembro.
De forma prática e interativa, ANIPLA e Valorfito irão realizar demonstrações nas áreas da proteção da água, preparação da calda e gestão de embalagens vazias de produtos fitofarmacêuticos.
PARTICIPE!
Mais informações sobre o AGROGLOBAL aqui

“A produção de cereja na Cova da Beira”: DRAPCentro lança caderno temático

“A produção de cereja na Cova da Beira”: DRAPCentro lança caderno temático
A DRAPCentro lançou recentemente a 1ª edição da série de Cadernos Temáticos. Esta 1ª edição é da autoria de Fernando Delgado e é dedicada à produção de cereja na Cova da Beira.
Com a publicação digital dos Cadernos Temáticos DRAPCentro, esta pretende constituir-se como um instrumento de auxílio aos destinatários das políticas publicas na área da agricultura e pesca facultando informação precisa, fiável e que acrescente valor.
Leia na íntegra aqui.

Zonas de intervenção prioritária: Flavescência dourada na vinha

Zonas de intervenção prioritária: Flavescência dourada na vinha
Foi recentemente publicado o Despacho nº 7583/2021 onde são aprovadas as listagens de freguesias que constituem as zonas de intervenção prioritária e das freguesias onde o inseto vetor scaphoideus titanus ball está presente, bem como a respetiva classificação de risco de disseminação da doença.
Relembramos que a portaria nº 165/2013 estabelece as medidas de proteção fitossanitária destinadas à erradicação no território nacional do fitoplasma de quarentena da doença designada por flavescência dourada, assim como à contenção da dispersão do inseto vetor scaphoideus titanus ball.
Assim, considera-se erradicada a zona de intervenção prioritária situada na região centro por ter evidenciado ausência de focos da doença durante 5 anos consecutivos.
Consulte o Despacho nº 7583/2021 e a Portaria nº 165/2013:
2021 – Desp nº 7583 (ZIP flavescência dourada)
2013 – Port nº 165 (protecção flavescência dourada)

Conselho da União Europeia aprova Lei Europeia em matéria de Clima

Conselho da União Europeia aprova Lei Europeia em matéria de Clima
Foi aprovada ontem pelo Conselho da UE a Lei Europeia em matéria de Clima que estabelece o objetivo de uma Europa com impacto neutro no clima até 2050.
A referida Lei Europeia entrará em vigor após publicação no Jornal Oficial da UE, sendo que o acordo alcançado determina que a meta de neutralidade climática seja conseguida coletivamente por todos os Estados-membros, permitindo a compensação por uns países caso outros não a atinjam.
A nova legislação estabelece a redução de 55% nas emissões líquidas de gases com efeito de estufa até 2030 e prevê a criação de um Conselho Consultivo Científico Europeu sobre as Alterações Climáticas para prestar aconselhamento científico independente e supervisionar os progressos.
Mais informação aqui.