Preencha todos os campos:

NOTÍCIAS
AS CINCO PRAGAS MAIS COMUNS NUM APARTAMENTO | Divisão de Controlo de Pragas
13-12-2016
De acordo com um estudo recente, desenvolvido nos Estados Unidos da América, 85% dos residentes/utilizadores de apartamentos afirmaram a ocorrência de problemas inerentes à atividade biológica de pragas. Esta é uma percentagem muito alta, que reflete a forma como, efetivamente, a prestação do serviço de Gestão de Pragas Urbanas concorre para a qualidade de vida dos cidadãos.

O mesmo estudo permitiu concluir que acontecimentos recorrentes de infestação levam à procura de nova casa pelos seus moradores.

Dos dados recolhidos, obteve-se a distribuição qualitativa e quantitativa das pragas presentes nos apartamentos com indícios comprovados de infestação.

Perante a questão: “Qual é a praga mais comum num apartamento?” obtiveram-se as respostas apresentadas no gráfico seguinte:

Estes resultados sublinham e confirmam a realidade atual vivida no dia-a-dia de uma empresa prestadora de serviços de Pest Control, também na Europa e, concretamente, em Portugal.

Os percevejos são uma realidade e as necessidades da sua boa gestão são prementes.

À semelhança das tendências registadas mundialmente, em Portugal já é possível obter informações sobre registos de unidades hoteleiras com problemas de infestação por percevejos das camas. Apesar de a informação apresentar um caráter não oficial, tem como base os diversos testemunhos de utilizadores dos espaços hoteleiros, o que confere alguma relevância e, sobretudo, impacto na imagem do Hotel.

Como facilmente se percebe, a existência desta ou de outras pragas pode pôr em causa o sucesso financeiro ou até a continuidade das unidades hoteleiras (ou ofertas semelhantes na área do turismo). As plataformas de pesquisa de hotéis associam cada vez mais os comentários e opiniões dos hóspedes, influenciando enormemente as futuras reservas.

O nosso país tem tido um desempenho de sucesso crescente na área do Turismo, cada vez mais alargado a uma projeção das zonas interiores e do norte, com inúmeras ofertas, muito atrativas, para o consumo interno e externo. A ação da prestação de serviço de gestão de pragas para isso tem contribuído e assim continuará.

A necessidade de controlo de percevejos das camas não se circunscreve à indústria hoteleira. É notório, no mercado nacional, um aumento de solicitações para o controlo deste ectoparasita, em habitações particulares, quer no meio urbano, quer no meio rural.

As nossas empresas deverão estar preparadas e conscientes da importância da sua atuação responsável.


Jorge André Moura

Diretor Técnico, MM Desinfecções
   
Horário de funcionamento:
2ª a 5ª feira das 9:00h às 12:30h e das 13:30h às 17:30h - 6ª feira das 9:00h às 12:30h e das 13:30h às 16:00h
Powered by: Infinidata